Shawn Mendes, Eminem e U2 se destacam em premiação MTV Europe

O cantor pop canadense Shawn Mendes foi o grande vencedor da premiação MTV Europe Music Awards na noite de domingo, levando para casa as estatuetas de “Melhor Música”, “Melhor Artista” e “Maior Número de Fãs” em uma cerimônia que contou com apresentações de French Montana, The Killers e Kesha.
A cantora britânica de R&B Rita Ora apresentou o show, onde cantou uma mistura de “Your Song”, seu sucesso de 2017, com seu novo single, “Anywhere”.



O rapper norte-americano Eminem abriu a noite com uma performance de sua nova música, “Walk on Water”, com Skylar Grey substituindo Beyoncé cantando a segunda parte do dueto.
O rapper de Detroit levou o prêmio de “Melhor Hip Hop”, uma homenagem que pareceu considerar ligeiramente desconcertante.
“Não sei bem como consegui isso, porque não lanço nenhum disco há alguns anos”, brincou em seu discurso de agradecimento, acrescentando que “tenho um saindo em breve”.
Taylor Swift, intérprete de “Look What You Made Me Do”, era a estrela mais indicada da noite, concorrendo em seis categorias, mas ficou sem nenhum prêmio.
Durante a premiação, Shawn Mendes cantou “There’s Nothing Holdin’ Me Back”, título que lhe rendeu o troféu de “Melhor Música”.




Alguns grandes nomes do cinema e da televisão levaram o glamour de Hollywood à festa, incluindo Natalie Dormer, de “Game of Thrones”, e Jared Leto, vencedor de um Oscar e líder da banda Thirty Seconds to Mars, que ficou com o prêmio de “Melhor Grupo Alternativo”.
Já os roqueiros irlandeses do U2 receberam o prêmio de “Ícone Global”, em reconhecimento às suas décadas no topo da indústria musical.
A banda tocou um show em um evento da MTV na Trafalgar Square de Londres na noite anterior, cujas filmagens foram exibidas em vez de uma performance.
Outros vencedores incluíram Camila Cabello, que pegou o “Melhor Pop”, e o rapper Kendrick Lamar ganhou o “Melhor Vídeo” para “Humilde”.
As performances notáveis ​​incluíram a estrela local da grime de Londres Stormzy, que levaram o palco para fora do teto solar de um carro da polícia, e Travis Scott, que entrou em pé no topo do que parecia um falcão flutuante.
A segurança foi apertada no evento, com os scanners do aeroporto nas entradas, após uma série de ataques que atingiram o Reino Unido este ano, incluindo um atentado suicida em um show Arianna Grande em Manchester, em maio, que deixou 22 pessoas mortas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SiteLock