Moro não conseguiu parar Lula, que segue na liderança

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança para a Presidência, nas eleições de 2018, em todos os cenários, segundo pesquisa Datafolha divulgada neste sábado, 2. O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) está isolado em segundo lugar da corrida presidencial. Aqui, Lula lidera com 34% e Bolsonaro o segue com 17%. Marina Silva (Rede) aparece numericamente acima do pelotão encabeçado por Alckmin e Ciro, mas tecnicamente empatada com ambos.



É a primeira pesquisa divulgada após o fortalecimento do nome do governador Geraldo Alckmin (PSDB) como candidato tucano ao Planalto. O tucano aparece em quarto lugar na disputa, empatado numericamente com o ex-governador Ciro Gomes (PDT, 6%) e tecnicamente com o ex-ministro do Supremo Joaquim Barbosa (sem partido mas cortejado pelo PSB, 5%) e o senador Alvaro Dias (Podemos, 3%).
Segundo turno
Lula ganha em todos os cenários de segundo turno. Ele ampliou em quatro pontos percentuais sua vantagem, em relação à pesquisa feita no fim de setembro, no confronto com Alckmin (52% a 30%), Marina (48% a 35%) e Bolsonaro (51% a 33%).
Sem o nome do petista o ex-presidente pode ser impedido caso a condenação de 9 anos e 6 meses imposta pelo juiz Sérgio Moro for confirma em 2ª instância, a pesquisa apresenta Bolsonaro com 21%, Marina com 16% e Ciro se beneficiando de votos do petista, com 12%. Alckmin segue com 9%, empatado tecnicamente com Alvaro Dias (5%).




Rápida Analise
Até o momento os números garante o ex-presidente petista no segundo turno, mesmo com uma avalanche de denuncia que recai sobre a sua cabeça e com julgamento que o aguarda no Tribunal Federal, após a condenação de mais de 9 anos de prisão imposta pelo juiz Sérgio Moro.
Os números são surpreendente, até parece que nada está acontecendo com o ex-presidente Lula, onde as acusações de corrupção não o abala, mesmo em parte da camada social da classe média, que esta semana a equipe do ex-presidente anunciou que ira intensificar as suas investiras para reconquista e garantir sua vitoria rumo ao Planalto.
Com a manutenção de Lula no topo da opinião pública, o julgamento no Tribunal Federal, pode ter efeito até favorável para o ex-presidente, que é o temor dos tucanos, tornando o petista ‘vítima do judiciário’.
Mas, pelo andar da carruagem, pode até espera um novo Fla x Flu da política, um embate no segundo turno entre o tucano Geraldo Alckmin e o petista Lula, mesmo com os números até o momento não favorável ao governador de São Paulo, que tudo indica, que haverá uma aliança com o Palácio do Planalto para aumenta a projeção do tucano.
Emfim! O feito Moro sobre ex-presidente, não conseguiu abalar os pilares petista, como muitos acreditavam, e que sua morte politica seria decretada pela Lava Jato. Mero engano, Lula se mostra cada veza mais habilidoso em sair de situações difíceis.    



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SiteLock