Morreu a modelo do ‘escândalo Profumo’, que derrubou governo britânico

Morreu a modelo Christine Keeler, aos 75 anos, que esteve envolvida, nos anos 60, no “caso Profumo”, que fez abanar o então governo de Harold Macmillan.
Em plena Guerra Fria, Keeler manteve uma relação com John Profumo, ministro do governo conservador britânico da altura, ao mesmo tempo que mantinha uma outra relação com um diplomata russo, explica a BBC.



Profumo foi obrigado a demitir-se na altura, depois de admitir ter mentido ao Parlamento sobre o caso. Disse, em 1963, que tinha apenas uma relação “amigável” com Keeler, e que não havia nada de “impróprio”.
A relação de Christine Keeler com John Profumo é tida como uma das causas do Governo de Macmillan. Mais tarde, a modelo revelou ter tido um caso com Eugene Ivanon, um assistente naval na embaixada soviética da altura, ao mesmo tempo.
Christine Keeler posou em 1963 para o fotógrafo Lewis Morley, numa imagem que se tonou icônica e lançou tanto o fotógrafo como a própria para o estrelato:
image 1 2 Morreu a modelo do escândalo Profumo, que derrubou governo britânico
A foto que celebrizou Christine Keeler e o fotógrafo Lewis Morley na época



 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SiteLock