Ataque de mísseis atinge o campo de refugiados na Síria

Um míssil caiu perto de civis na província de Idlib, na Síria, em um campo de refugiados improvisado para pessoas deslocadas da próxima província de Hama.
As imagens dramáticas capturadas na área do campo uma equipe da emissora árabe Al Jazeera mostraram homens, mulheres e crianças tentando desesperadamente encontrar abrigo mais próxima após o ataque imagens também incluídas no filme.



A equipe de reportagem da  TV Al Jazeera estava produzindo uma matéria  no campo de refugiados quando foram surpreendidos pela um ataque de míssil, até o momento a emissora não relatou se houve mortos ou feridos. Assim como sobre o responsável pelo ataque.
O Vídeo é da TV Al Jazerra, emissora com sede no Qatar mostra imagem do momento exato do ataque no campo de refugiados na província de Idlib, na Síria. VEJA

Sinem Koseoglu, da TV Al Jazeera, disse que a greve de mísseis foi a maior violação ainda de um acordo de paz acordado na capital do Cazaquistão, Astana, recentemente entre a Rússia, a Turquia e o Irã.
“Os sírios não ficam surpresos. Muitos deles acreditam que é uma espécie de jogo de alavancagem diplomática antes da reunião de Sochi, que será realizada no final de janeiro”, disse ela.
Violência em outro lugar
Um impulso das forças leais ao presidente da Síria, Bashar al-Assad, auxiliado por ataques aéreos russos estava causando uma nova onda de deslocamento dos territórios retidos pelos rebeldes.
Cerca de 120 mil pessoas fugiram de suas casas na província de Idlib nas últimas semanas.
Pelo menos 179 pessoas foram mortas no subúrbio assasado de Damasco, no leste de Ghouta, nas últimas duas semanas, de acordo com ativistas.
Várias pessoas estavam no hospital após um bombardeio por forças do governo em Ghouta Oriental.
Trabalhadores de ajuda na cena disseram que foram tratados por sufocação após um suspeito de ataque de gás de cloro.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *