Mick Jagger lança duas músicas sobre incertezas Brexit e Trump

O líder da Rolling Stones, Mick Jagger, lançou duas músicas politicamente carregadas que visam o que ele vê como a incerteza e o surrealismo que permeiam a política na era de Brexit e Donald Trump.
Uma canção, intitulada “England Lost” [Inglaterra Perdida], representa a burla de Jagger sobre a divisão britânica da União Européia. O segundo, “Get a Grip” [Começar um aperto], descreve um mundo “de cabeça para baixo” cheio de “lunáticos e palhaços”.
Jagger, de 74 anos, disse no Facebook que começou a escrever as músicas há algumas semanas em seu primeiro trabalho solo desde 2011.
A primeira música é contada através da metáfora de um fã de futebol que viu a Inglaterra perder em uma partida que ele não queria entrar em primeiro lugar.
“Eu fui ver a Inglaterra, mas não estava lá/Eu acho que a perdi na minha cadeira/Eu acho que estou perdendo minha imaginação/Estou cansado de falar sobre imigração”.
Mais tarde, ele acrescenta: “Tinha uma garota em Lisboa, uma garota em Roma/Agora vou ter que ficar em casa / Então, fechar as persianas, abrir as portas/Londres vai ser como Cingapura”.
Na segunda música, Jagger faz carrinhos contra as pessoas que enchem os bolsos e estão na tomada. A linha final do verso é uma fuga do que os críticos dizem que é a abordagem do governo britânico para Brexit: ambos têm seu bolo e comem.
Formado em Londres em 1962, os Rolling Stones são creditados como sendo uma das bandas mais influentes no rock and roll, lançando 30 álbuns de estúdio.
Jagger disse que tinha sido motivado a escrever as músicas por causa da “ansiedade, falta de conhecimento da mudança da situação política”.
“Nós, obviamente, temos muitos problemas. Então, eu sou politicamente otimista? … Não”, disse o líder do Rolling Stones Jagger.
Havia um expectativa da imprensa norte-americana, em que  presidente dos EUA Donald Trump responderia através das redes sociais a critica a musica do Jagger que demonstra as incertezas no seu governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SiteLock