Kevin Spacey será apagado do filme da Sony sobre o sequestro de Getty

O diretor e os produtores do filme de Hollywood “All the Money in the World”, completado, mas inédito, optaram por remover Kevin Spacey do filme, reformular seu papel e resfolecer suas cenas após acusações de má conduta sexual contra o ator.
A extraordinária medida para apagar um ator principal de uma imagem de estúdio completa e reconstruir o filme sem ele foi relatada por três grandes publicações comerciais de Hollywood Variety, The Hollywood Reporter e Deadline Hollywood.



Uma fonte próxima ao distribuidor do filme, a Sony Pictures, disse à agência de noticias Reuters que as contas eram precisas. Veja o trailer com o ator  Kevin Spacey, que será apagado pela Sony.

Spacey será substituído pelo veterano ator Christopher Plummer no papel do magnata do petróleo dos Estados Unidos, Jean Paul Getty, no drama dirigido por Ridley Scott sobre o seqüestro de 1973 de seu neto adolescente, John Paul Getty III, informaram as três publicações.
A Sony Pictures também retirou o filme do festival anual do American Film Institute (AFI) em Los Angeles em 16 de novembro. O filme deverá abrir em 22 de dezembro, relatou a Variety.




Mark Wahlberg e Michelle Williams, que também protagonizam o filme, deverão se envolver com os reshoots. Fontes disseram a Variety que Kevin Spacey filmou cerca de duas semanas de filmagem e que há muitas cenas onde Getty é o único personagem.
O resgate vem depois que o ator Anthony Rapp acusou Kevin Spacey de tentar seduzi-lo em 1986, quando Rapp tinha 14 anos. Spacey disse que não se lembra do incidente, mas se desculpou. De acordo com seus representantes, ele está buscando tratamento não especificado.
Oito funcionários atuais e antigos do programa de TV Netflix “House of Cards”, que não foram identificados, também acusaram Spacey, a estrela do show, de má conduta sexual, informou a CNN.
Ele disse que não estaria envolvido na produção adicional de “House of Cards” com Kevin Spacey, que teria sido suspenso do show político. A Netflix disse que também não lançará o filme “Gore”, no qual Spacey interpreta o falecido escritor dos EUA, Gore Vidal.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SiteLock