Funcionários da LaMia são detidos na Bolívia

Três funcionários da LaMia foram detidos no começo da noite de terça-feira, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. O gerente-geral da companhia aérea, Gustavo Vargas Gamboa, foi um dos detidos, junto com dois funcionários de menor escalão. Também foram apreendidos documentos nos escritórios da empresa.
Acusada de irregularidades em suas operações, a LaMia já teve sua licença de voo suspensa pelo governo boliviano, que abriu investigação para saber como a companhia aérea recebeu autorização para operar no país.
Foram encontrados indícios de tráfico de influência e omissão de denúncia. A suspeita da Procuradoria Geral é que um gerente da LaMia teria relações diretas com um servidor da Direção Geral de Aeronáutica Civil (Dgac), a agência reguladora de aviação civil boliviana.
A queda do avião da LaMia, que transportava a delegação da Chapecoense para o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, em Medellín, na Colômbia, deixou 71 mortos, entre jogadores, integrantes da comissão técnica e jornalistas. Seis pessoas sobreviveram, sendo três jogadores Alan Ruschel, Follmann e Neto  e o jornalista Rafael Henzel.
ultimos instantes chape curvas desk Funcionários da LaMia são detidos na Bolívia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *