Florença homenagea ‘Laika’ cachorra que foi pioneira no espaço

No dia em que completa 60 anos que o primeiro ser vivo foi enviado ao espaço, a cidade de Florença, na Itália, inaugurou sua primeira área destinada a cachorros em homenagem a cachorrinha Laika, lançada no satélite russo Sputnik 2, em 3 de novembro de 1957.
A iniciativa faz parte de uma série de homenagens que a região fará aos animais. O próximo da lista, que contém diversas “personalidades caninas”, será o cachorro “Diesel”, morto enquanto participava de uma operação em busca de terroristas em Paris, após o atentado ao Bataclan.
A cachorrinha Laika foi retirada das ruas de Moscou, na Rússia, e se transformou há 60 anos no primeiro ser vivo a orbitar a Terra em um voo histórico e sem volta na tentativa de abrir as portas do espaço à humanidade.
O fato ocorreu um mês desde o lançamento do Sputnik 1, o primeiro satélite artifical da Terra, e os cientistas queriam analisar como um animal se comportaria com a falta de gravidade.
Na ocasião, Laika foi operada para receber dois sensores, um na costela, para controlar a respiração, e o outro nas artérias carótidas, para acompanhar a pulsação.
Após quatro voltas na Terra, poucas horas depois do lançamento, a temperatura no interior da cápsula ultrapassou os 40ºC, o que causou a morte do animal. (ANSA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SiteLock