Sinal analógico de TV será desligado em Fortaleza e Salvador na quarta

O sinal analógico da TV aberta nas cidades de Salvador e Fortaleza será desligado na próxima quarta-feira (27). O desligamento foi confirmado hoje (25) após pesquisa do Ibope Inteligência, divulgada na reunião do Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired), mostrar que as cidades atingiram o percentual mínimo de 90% de cobertura do sinal digital nas cidades.
Em Salvador, a pesquisa apontou que 93% dos domicílios já contam com sinal digital. Além da capital, mais 19 municípios do estado deverão ter o sistema analógico desligado na próxima quarta-feira: Aratuípe, Cairu, Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Jaguaripe, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Maragogipe, Nazaré, Salinas da Margarida, Santo Amaro, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Saubara, Simões Filho, Terra Nova e Vera Cruz.
Em Fortaleza e cidades do entorno, o levantamento revelou que 92% dos domicílios já contam com sinal digital e apenas 8% ainda têm sinal analógico, em um total de 830.991 domicílios na capital e 394.377 no entorno. Foram realizadas 1.078 entrevistas na capital e 1.260 no entorno. A pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 23 de setembro.
Além da capital cearense, o sinal também será desligado nos seguintes municípios: Aquiraz, Beberibe, Cascavel, Caucaia, Eusébio, Guaiúba, Horizonte, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape, Pacajus, Pacatuba, Pindoretama e São Gonçalo do Amarante.
Juazeiro e Sobral, duas outras cidades cearenses que também deviam ter os sinais analógicos desligados esta semana, não conseguiram alcançar o percentual mínimo de 90% de alcance do sinal digital. Por decisão do Gired, o desligamento nessas duas cidades – que registraram 76% e 73% de abrangência do sinal, respectivamente foi reprogramado para fevereiro de 2018.
Nas cidades em que o sinal analógico for desligado, os canais abertos deverão apresentar na tela, durante 30 dias, cartela para que o telespectador seja informado do fim das transmissões analógicas.(EBC)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SiteLock