EUA: Professora algemada e retirada de escola no Louisiana

Docente participava numa reunião do conselho escolar quando foi retirada da sala por “perturbar a ordem”
Uma professora do estado de Louisiana, nos EUA, foi detida esta segunda-feira, de forma violenta, durante uma reunião do conselho escolar, depois de ter perguntado ao diretor da escola o motivo pelo qual aquele recebeu um aumento salarial enquanto os ordenados do resto dos professores continuavam congelados.



A professora de inglês da Rene Rost Middle School, Deyshia Hargrave, foi convidada a abandonar a reunião porque estava a fazer perguntas quando o objetivo do encontro era prestar declarações numa espécie de consulta pública.
Assim que o agente da autoridade levou a docente para o corredor começou a agir de forma violenta e algemou a professora.
“Pare de resistir”, advertiu o militar, enquanto algumas pessoas gravavam o momento com as câmaras dos smartphones.
“Eu não o estou a fazer, você é que me atirou ao chão”, ouve-se a professora dizer, com a voz embargada.

Além de ter feito várias perguntas, e de ter sido advertida a restringir a sua participação apenas a comentários sobre a sessão, e mesmo depois do conselho escolar ter respondido a algumas das questões, Deyshia Hargrave foi convocada para falar uma segunda vez e foi então que o presidente do conselho escolar pediu ao agente que retirasse a professora da sala, por considerar que a docente estava a “perturbar a ordem” da reunião.
Apesar da detenção, a professora não será acusada de nenhum delito, de acordo com a direção da escola, citada pela BBC.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *