Israel amplia baterias anti-aéreas, depois de ataques a túnel em Gaza

O exército israelense implantou baterias anti-foguete de seu sistema de defesa aérea “Iron Dome” em pontos-chave do país para se proteger contra as retaliações do grupo palestino Jihad Islâmica, informou a mídia israelense na segunda-feira.
As notícias do canal 2, citando oficiais militares de alto escalão, disseram que o exército desdobrou as baterias em todo o país, especialmente no centro de Israel, e reforçou a segurança na fronteira de Gaza depois que a Jihad Islâmica ameaçou vingar o assassinato de 10 dos combatentes do grupo quando Israel destruiu uma túnel frontal em 31 de outubro. Também foram mortos dois lutadores pertencentes ao grupo de resistência palestino Hamas.



Na segunda-feira (13), Israel prendeu um dos líderes da Jihad Islâmica na Cisjordânia ocupada na sequência as ameaças se intensificaram.
Em outubro, Hamas e Fatah as duas principais facções políticas da Palestina assinaram um acordo de reconciliação histórico no Cairo, com o objetivo de terminar 10 anos de amarga divisão.
Se assim for, o acordo permitirá que o governo palestino liderado pela Fatah em Ramallah assuma a responsabilidade política e administrativa para a Faixa de Gaza.




O ataque na Faixa 
Dez militantes palestinos foram mortos quando Israel explodiu o que disse ser um túnel sendo cavado sob a fronteira da Faixa de Gaza.
Na troca de acusações entre Israel ou o Hamas. O governo de Israel teve o cuidado de destacar que sua ação contra o túnel foi realizada em seu próprio lado da fronteira e afirmou que objetivo da escavação era para ataque terroristas em seu país. O Hamas negou as alegações israelense.
O túnel estava sendo cavado da cidade de Gaza de Khan Younis pela fronteira, onde foi explodido pelas forças israelenses.
O grupo prometeu vingança dizendo que “todas as opções estão abertas para resposta”. após a do chefe do braço armado da facção na Gaza central.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SiteLock