Homem é detido com 11.500 diamantes no aeroporto do México

Homem de nacionalidade espanhola queria levar diamantes para a Colômbia
A polícia federal mexicana deteve no Aeroporto Internacional da Cidade do México uma pessoa que pretendia levar 11.500 diamantes para a Colômbia, informou a corporação na sexta-feira.



Numa mensagem difundida através da rede social Twitter, a polícia federal indicou que o detido tem nacionalidade espanhola e “poderá integrar uma rede internacional de contrabando de diamantes procedentes de África”.
A policia federal mexicana suspeitas que as pedras preciosas apreendidas são ‘diamantes de sangue’. “Diamantes de sangue refere-se as pedras preciosas extraídas em uma zona de guerra, geralmente na África, onde atualmente cerca de dois terços dos diamantes do mundo são extraídos e vendidos para financiar grupos insurgentes ou um exército invasor ou, ainda, um senhor da guerra.”

Tradução: Em @AICM_mx, @PoliciaFedMx prendeu uma pessoa de nacionalidade espanhola, que queria transferir para a Colômbia 11.500 diamantes, dos quais ele não provou sua proveniência legal. Detido poderia ser parte de uma rede internacional de contrabando de diamantes da África. pic.twitter.com/tPyavE91ZQ



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SiteLock