Protestos não impedem demolição de igreja histórica na Alemanha

A igreja de St. Lambertus, em Immerath, Alemanha, foi demolida nesta segunda-feira para dar espaço a uma industria mineradora. A localidade já há vários anos que é quase uma vila fantasma, com a recolocação da população outros locais, devido ao crescimento da indústria.



Agora, o “último” passo foi a demolição da catedral do século XIX, algo que foi bastante protestado, principalmente por ativistas do Greenpeace, que até subiram à igreja e colocaram faixas na mesma.
image 1 3 Protestos não impedem demolição de igreja histórica na Alemanha
Ativistas do Greenpeace subiram à igreja em protesto
A vila inteira vai ser “arrasada” para fazer crescer a indústria mineira. Em novembro, que já albergou mais de 1200 pessoas, estava reduzida a sete famílias.
igreja Protestos não impedem demolição de igreja histórica na Alemanha
St. Lambertus em Old-Immerath
Antes da demolição, ainda era visível a distância, a igreja de St. Lambertus em Old-Immerath! Ainda parece imponente com as duas fachadas de duas torres. Mas os dias da Catedral Immerather como é carinhosamente conhecido na língua vernácula por causa de sua aparência imponente são numerados.
A pedra fundamental foi colocada em 1888
Em 2 de setembro de 1888, começou a construção da igreja de St. Lambertus. Foi inaugurado três anos depois. Para as pessoas da região, a catedral sempre foi um marco e uma casa muito especiais. Ele era o orgulho do lugar. Seis sinos dos anos 1496, 1670 e 1955 estavam no campanário. Eles desapareceram por um longo tempo. Os cruzeiros da torre só foram recuperados por escaladores industriais neste verão. Centenas de pessoas se despediram de sua igreja em 13 de outubro de 2013. Em um serviço solene, a basílica neo-românica foi criada e a Luz Eterna se extinguiu.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *