Austrália investiga morte de Coala que apareceu preso a um poste

Desconhece-se se o animal estava vivo ou morto quando foi aparafusado à madeira
As autoridades da Austrália abriram uma investigação para esclarecer as causas da morte de um Coala que apareceu preso a um poste de madeira num parque do nordeste do país, informaram hoje os ‘media’ locais.



O cadáver do animal foi encontrado com traumatismo, embora se desconheça a causa de morte do marsupial, indicou a Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade Contra os Animais (RSPCA, na sigla em inglês) ao jornal Sydney Morning Herald.
Os serviços de resgate atuaram após receber uma denúncia anônima sobre a presença de um Coala no miradouro do parque Broolo, no estado australiano de Queensland. Segundo o canal ABC, um funcionário municipal encontrou o Coala pregado a uma infraestrutura de madeira, estando a polícia de Queensland a tentar encontrar os autores do incidente.
A imagem do animal foi publicada no Facebook pela Organização para o Resgate de Coalas em Queensland antes de se tornar viral no país oceânico, com utilizadores das redes sociais a denunciarem a presumível tortura contra o animal como “asquerosa” e “mais do que diabólica”.

“Não sabemos se o animal estava morto quando o colocaram ou se se trata de uma brincadeira macabra, os trabalhadores [do departamento de] vida selvagem estão a investigar”, declarou Darren Edwards, sargento da polícia de Sunshine Coast.
O relatório da autópsia, realizada por membros da RSPCA, vai ser conhecido hoje.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *