Apple lança iPhone X com preço de quase 1 mil dólares

A Apple lançou nesta terça-feira o aguardado iPhone X, um celular com tela sem bordas que o presidente-executivo, Tim Cook, chamou de “maior avanço desde o iPhone original”.
O modelo inclui características como carregamento de bateria sem fio, câmera infravermelha e hardware para reconhecimento facial, que substituirá o sensor de digitais para desbloquear o telefone. O botão home também não existe mais e os usuários podem utilizar o aparelho tocando duas vezes na tela.
O celular, que tem preço inicial de 999 dólares e começará a ser entregue a partir de 3 de novembro, assim como a temporada de compras de fim de ano são os mais importantes para a Apple em anos. A data de início das entregas do novo modelo criou dúvidas sobre possíveis problemas de fornecimento do produto antes do fim do ano.
A Apple normalmente entrega os novos produtos num prazo de uma a duas semanas após o anúncio deles, mas Cook afirmou que o período maior neste ano é consistente com estimativas anteriores divulgadas a investidores.
“É muito bom ter um produto, mas preferíamos que fosse mais cedo, mais no começo de outubro ou meados de outubro”, disse Kim Forrest, analista sênior da Fort Pitt Capital Group.
As ações da empresa fecharam em queda de 0,4 por cento, depois de terem sido negociadas em alta de até 1 por cento mais cedo, durante o evento de lançamento dos produtos.
A Apple vendeu mais de 1,2 bilhão de iPhones na última década e inaugurou a era da computação móvel, mas no ano passado sofreu uma queda significativa de receita, com muitos consumidores considerando rejeitando o iPhone 7 por ser muito similar ao iPhone 6.
download 12 1 Apple lança iPhone X com preço de quase 1 mil dólares
Apple Senior Vice President of Worldwide Marketing, Phil Schiller, mostra o iPhone X durante um evento de lançamento em Cupertino, Califórnia, EUA
A tela do iPhone X tem quase o mesmo tamanho do iPhone 7 plus, embora o telefone em si seja menor. Ela tem cores mais vivas graças à tecnologia OLED, que também está sendo utilizada por fabricantes como a Samsung.
Mas em um momento constrangedor para o vice-presidente sênior da Apple, Craig Federighi, o sistema de desbloqueio por reconhecimento facial não funcionou na primeira tentativa durante a apresentação ao público.
A Apple também lançou o iPhone 8 e o iPhone 8 Plus, que se parecem com o iPhone 7, mas têm vidro na parte de trás para carregamento sem fio da bateria.
Os novos celulares têm incorporado o primeiro processador gráfico proprietário da Apple, que fornece recursos para câmeras e aplicativos de realidade aumentada.
Os celulares mais baratos têm 64 gigabytes de memória, ante 32 nos modelos anteriores, e serão vendidos por 699 e 799 dólares.
A companhia também lançou uma atualização do Apple Watch, que pode fazer ligações e acessar a Internet sem que o usuário precise carregar um iPhone. O Apple Watch Series 3 custará 399 dólares.
A Apple não forneceu informações sobre seus relógios inteligentes, mas Cook disse que as vendas subiram 50 por cento ante o ano anterior e que o Apple Watch era agora o relógio mais vendido no mundo.
O analista Gene Munster, da Loup Ventures, acredita que as vendas do relógio podem dobrar ou triplicar por causa dos recursos de conectividade.
A Apple também anunciou uma atualização de seu aparelho de televisão, que suportará conteúdo em 4K e também incluirá mais opções de programas, à medida que a companhia aumenta esforços para reduzir custos de acordos de conteúdo e produz seus próprios programas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SiteLock